Menu

Cirurgia Bariátrica: quem pode ou deve fazer?

05/08/21

A cirurgia bariátrica, também conhecida como cirurgia de redução do estômago, é uma cirurgia plástica que reduz o tamanho do estômago. Com o crescente número de obesos, a cirurgia bariátrica tem se tornado uma opção frequente para tratar os casos de obesidade mórbida.

Por causa do peso elevado, os obesos começam a desenvolver problemas de saúde que dificultam ainda mais a perda de peso. Nesses casos, a cirurgia bariátrica é a opção mais recomendada.

Quer conhecer mais sobre a cirurgia bariátrica e dicas para aqueles que estão pensando em optar pelo procedimento? É só ler até o final o conteúdo que preparamos para você.

Cirurgia Bariátrica

Quem pode fazer cirurgia bariátrica?

A cirurgia bariátrica é recomendada apenas para obesos ou para aqueles que tenham desenvolvido problemas de saúde por causa do peso elevado.

Para optar pelo procedimento, é feito uma análise para medir se o Índice de Massa Corporal (IMC) está acima de 35. Para os casos com IMC acima de 35, é feita também uma análise para saber se a pessoa possui problemas de saúde relacionados ao excesso de peso.

Outra indicação para a cirurgia bariátrica é para pessoas com IMC acima de 40, que é considerado obesidade mórbida.

Para pessoas com IMC abaixo desses números, outras opções para perder peso são mais indicadas, visto que a redução de estômago é um processo cirúrgico.

Dicas para quem quer fazer cirurgia bariátrica

Para aqueles que têm o IMC acima de 35, é importante levar em consideração alguns fatores antes de se submeter ao procedimento cirúrgico.

A informação é algo muito importante, principalmente quando diz respeito a algo que tem relação direta com a saúde da pessoa. Para te ajudar na decisão de fazer ou não a cirurgia, separamos algumas dicas que serão de grande ajuda para escolher o melhor para a sua saúde.

Como é feita a avaliação antes da realização da cirurgia

Mesmo se você está nessa faixa com o IMC superior a 35, é preciso passar por um rigoroso processo de avaliação.

É preciso fazer exames de sangue durante o processo de avaliação. Esses exames servem para identificar qualquer tipo de problema que pode se tornar uma complicação durante a cirurgia.

Durante a avaliação, também são realizados testes psicológicos no paciente, que deverá atestar negativo para casos de transtorno alimentar. Para pacientes com transtorno alimentar, é preciso fazer um tratamento antes da realização da cirurgia.

Quais são as contraindicações

Pacientes que desejam fazer a cirurgia bariátrica não podem ser fumantes. Nos casos de pacientes fumantes, é preciso realizar um tratamento e parar de fumar antes da realização da cirurgia.

Pessoas que ingerem bebidas alcoólicas também devem parar de beber depois da cirurgia. Isso se deve ao fato de que a nicotina e o álcool podem causar complicações durante a cirurgia e aumentam o risco de possíveis infecções no processo pós-operatório.

Mesmo depois da cirurgia é indicado que o paciente evite essas substâncias. Além do risco de infecções, o organismo estará mais debilitado e suscetível aos efeitos, podendo causar sérios problemas de saúde para o paciente.

O que muda na vida de quem faz uma cirurgia bariátrica

É preciso pensar que a vida de quem faz a cirurgia bariátrica não será a mesma após o procedimento cirúrgico. Uma das grandes mudanças deverá ser nos hábitos alimentares do paciente.

É preciso que haja uma reeducação alimentar consistente, de forma a evitar alimentos com alta concentração de gordura e açúcar. Por causa da redução no tamanho do estômago, é preciso estar sempre atento para não desenvolver complicações.

Essas complicações podem ser: alteração no nível de glicemia e em alguns casos até mesmo o desenvolvimento da Síndrome de Dumping.

A Síndrome de Dumping consiste na passagem muito rápida dos alimentos com muito açúcar ou gordura do estômago para o intestino. Essa síndrome é encontrada em pacientes que não seguem as recomendações médicas sobre a reeducação alimentar.

Com essa síndrome, o paciente começa a sentir sonolência, fraqueza, náuseas, cólicas intestinais, desmaios, diarreia, dor de cabeça, sudorese e taquicardia. Esses sintomas geralmente aparecem imediatamente após as refeições e podem continuar pelo resto da vida se o paciente não tiver uma alimentação adequada.

Coisas para estar atento antes de uma cirurgia bariátrica

Mesmo se tratando de um procedimento relativamente simples, é preciso que a pessoa esteja ciente de que é um processo operatório. Por ser um procedimento cirúrgico, é preciso que o paciente saiba que há riscos e que ele precisará tomar certos cuidados antes e depois da cirurgia.

Em alguns casos, o paciente vai precisar realizar cirurgias plásticas após a cirurgia bariátrica para remover os excessos de pele.

Mas a plástica só poderá ser feita após dois anos da cirurgia bariátrica, então é preciso que o paciente esteja ciente disso antes do procedimento.

Tanto para a cirurgia bariátrica como para a plástica, é preciso sempre escolher uma equipe que seja de confiança e que tenha reconhecimento no mercado. Escolher uma equipe responsável que possa te auxiliar durante todo o processo é essencial.

Os benefícios para a vida de quem faz uma cirurgia bariátrica

São muitas as vantagens e benefícios para a vida de quem faz uma cirurgia bariátrica, como:

1.     Saúde

Com a cirurgia bariátrica, aqueles que possuem uma saúde debilitada por causa do excesso de peso ficam muito mais saudáveis. A saúde é essencial para que a pessoa possa viver bem e a perda de peso impede o desenvolvimento de várias doenças.

2.     Melhora no estado emocional

Uma pessoa feliz com seu próprio corpo gera uma grande melhora no estado emocional. A baixa autoestima geralmente está associada a problemas como depressão e ansiedade, então a perda de peso gera uma melhora considerável em fazer a pessoa se sentir melhor com o próprio corpo.

3.     Melhora nas relações sociais

Com a cirurgia, a pessoa se sente mais bonita, se sente feliz com o próprio corpo e isso é essencial para melhorar as relações sociais.

Com a melhora nas relações sociais, a pessoa se sente confiante, fazendo novos amigos. Essas relações sociais são essenciais para garantir que a pessoa tenha sucesso até mesmo na vida profissional.

Com tantas vantagens na saúde, na vida social e até mesmo na saúde emocional, a cirurgia bariátrica pode mudar completamente a vida de uma pessoa.

Agora que você já sabe tudo sobre esse procedimento, basta decidir se você quer fazer o procedimento e escolher uma equipe de confiança para realizar a cirurgia.

 

 Acesse o Portal Bunzl Saúde

Siga nossas redes sociais
   /bunlzsaude

 

- As opiniões aqui expressas são as do autor e não refletem necessariamente as da Bunzl Saúde. A empresa não assume qualquer responsabilidade por erros nas informações aqui contidas, nem por qualquer dano que possa decorrer do uso delas ou da confiança nelas.