Menu

Sintomas Respiratórios em Crianças: Rinite ou COVID-19?

28/07/21

Rinite ou COVID-19?

Como saber se os sintomas respiratórios em crianças se trata de uma rinite ou de COVID-19? Com a chegada do inverno, a preocupação dos pais com a saúde das crianças aumenta, principalmente por causa da pandemia de coronavírus.

Por causa do tempo seco as vias aéreas ficam prejudicadas, dificultando a respiração e causando desconforto. O tempo seco combinado ao clima frio, leva as pessoas a passarem mais tempo em locais fechados, contribuindo para o aumento de infecções.

As doenças respiratórias possuem sintomas muito semelhantes, por isso é preciso que os pais se mantenham atentos à saúde dos filhos.

Quer saber sobre como são os sintomas de cada uma das doenças e os meios de cuidar da saúde dos pequenos? É só ler o conteúdo que preparamos para você até o final.

Criança com Rinite ou COVID-19

 

Principais sintomas da rinite alérgica

A rinite alérgica é aquela causada por exposição a algum tipo de alérgeno, como pelo de animais, poeira ou pólen.

Os principais sintomas de rinite alérgica são:

  • Nariz entupido;
  • Coceira no nariz;
  • Nariz escorrendo;
  • Olhos vermelhos, lacrimejando e com coceira;
  • Espirros frequentes.

As crianças podem desenvolver a rinite alérgica ainda na fase pré-escolar (entre 2 a 4 anos) ou na fase escolar (entre 5 a 10 anos). Os casos de rinite alérgica podem acontecer de duas formas: sazonal e perene.

A rinite sazonal é aquela causada pela alergia causada pela exposição do indivíduo ao pólen. Esses casos são mais comuns na primavera e no verão, quando a quantidade de pólen no ar é maior.

A rinite perene é aquela que pode ser contraída durante o ano todo por alergias causadas por ácaros, poeira e pelo de animais.

É possível ter episódios de rinite alérgica durante todo o ano.

Por isso, é essencial estar atento a qualquer sintoma para poder identificar a rinite alérgica o mais rápido possível.

As crianças pequenas não sabem explicar o que estão sentindo, o que torna ainda mais complicado para os pais na hora de descobrir os sintomas. Mas com algumas dicas bem simples de cuidado e prevenção você mantém a saúde dos pequenos em dia.

Limpar com mais frequência os ambientes onde a criança fica é essencial para eliminar todos os resquícios de poeira. Lavar todas as roupas de cama frequentemente e utilizar colchão e travesseiros que possam ser limpos é essencial para eliminar os ácaros.

Evitar utilizar tapetes e cortinas é uma boa solução para diminuir as chances de um possível contato com alérgenos. Outro item a ser evitado para controlar a rinite alérgica é a utilização de brinquedos de pelúcia.

Alguns brinquedos de pelúcia se tornam os favoritos dos pequenos, nesses casos, você pode lavar o brinquedo ou comprar réplicas para substituir com frequência.

É preciso tomar cuidado redobrado para limitar o acesso dos pequenos a qualquer coisa que possa causar algum tipo de reação alérgica.

 

Principais sintomas da rinite viral

Assim como o próprio nome diz, a rinite viral é causada pela ação de vírus. A rinite viral é geralmente causada por ação dos vírus do resfriado comum, o rinovírus.

Os principais sintomas de uma rinite viral são:

  • Nariz entupido ou com coriza;
  • Tosse;
  • Febre baixa;
  • Espirros.

Com vários sintomas semelhantes entre as doenças respiratórias, fica ainda mais difícil de se encontrar uma causa para as alterações na saúde das crianças.

Principais sintomas COVID-19

O coronavírus possui uma variada gama de sintomas, desse modo é preciso ficar atento a qualquer alteração na saúde das crianças.

O coronavírus apresenta sintomas variados e em crianças a variação se parece muito com os sintomas apresentados em casos de rinite alérgica e de rinite viral.

Em crianças, os sintomas apresentados ao contrair o coronavírus podem ser:

  • Nariz entupido ou com coriza;
  • Tosse;
  • Dor de garganta;
  • Dores abdominais;
  • Diarreia;
  • Náusea ou vômito;
  • Perda de apetite;
  • Febre.

Mesmo que possam contrair o coronavírus, foram reportados poucos casos graves da doença em crianças. Mas mesmo com uma quantidade pequena de casos, é necessário estar sempre atento à saúde das crianças, principalmente as que:

  • possuem sistema imunológico fraco;
  • tenham problemas cardíacos;
  • apresentem doenças pulmonares como a asma;
  • tenham menos de 1 ano de idade.

Portanto, essas crianças os riscos de se contrair um quadro grave da doença é maior, portanto é necessário ter cuidado redobrado.

Como cuidar da saúde das crianças durante a pandemia?

As medidas preventivas valem tanto para adultos, quanto para crianças. As medidas de distanciamento social são eficazes para impedir que o vírus se espalhe ainda mais.

Além disso, com as medidas de isolamento, você impede que aqueles que contraíram a forma assintomática do vírus o espalhem para outras pessoas.

Como as crianças também podem contrair o coronavírus, é essencial que elas também sigam essas medidas de distanciamento.

Estar sempre atento à higiene é essencial, como:

  • Lavar as mãos frequentemente. Principalmente, quando for brincar com as crianças;
  • Impedir que as elas coloquem as mãos ou objetos na boca;
  • Evitar a todo custo sair de casa com crianças de colo;
  • Incentivar e ensinar a como usar a máscara e como passar álcool gel nas mãos.

Como lidar com as crianças em época de pandemia?

A saúde física não é a única preocupação em época de pandemia. A saúde mental e emocional das crianças é um assunto que deve ser pensado com seriedade.

Com o confinamento, as crianças tendem a se tornar ansiosas, por não entenderem as mudanças repentinas no dia a dia. Para diminuir o stress, tanto dos adultos como das crianças, você pode usar algumas dicas bem simples para realizar as tarefas do dia a dia:

  • Usar brincadeiras para incentivar os pequenos a fazer pequenas tarefas como guardar os brinquedos, colocar as roupas no cesto de roupa suja e etc;
  • Deixar que as crianças façam as aulas online sozinhas evita que elas se tornem dependentes da sua presença para resolver as questões;
  • Fazer algum tipo de esporte juntos e dentro de casa diminui a ansiedade de querer sair;
  • Incentivar atividades diversas para impedir que as crianças fiquem muito tempo na frente da TV ou dos smartphones.

Agora você já sabe tudo sobre os sintomas de rinite e sobre como o coronavírus age nas crianças. Agora você sabe de formas para burlar o stress do dia a dia estando perto de quem é importante para você.

 Acesse o Portal Bunzl Saúde

Siga nossas redes sociais
   /bunlzsaude

 

- As opiniões aqui expressas são as do autor e não refletem necessariamente as da Bunzl Saúde. A empresa não assume qualquer responsabilidade por erros nas informações aqui contidas, nem por qualquer dano que possa decorrer do uso delas ou da confiança nelas.