Menu

Variante Delta do Coronavírus no Brasil

07/07/21
Variantes do Coronavírus

O que se sabe sobre a variante indiana do coronavírus?

A variante indiana do coronavírus, também conhecida como variante Delta, foi identificada pela primeira vez na Índia em 2020.

A nova cepa do coronavírus já está presente em 66 países, incluindo o Brasil. A variante de nome B.1.617, foi encontrada primeiramente na Índia em outubro do ano passado.

A grande preocupação dos cientistas é saber se as vacinas que estão sendo utilizadas têm a capacidade de conter as variantes.

De acordo com as pesquisas realizadas, o que se sabe até agora é que as vacinas impedem que as variantes causem casos graves da doença.

Mas mesmo com a eficácia das vacinas para prevenir casos graves, as vacinas não impedem que as pessoas contraiam essas variantes.

Quais os sintomas da variante indiana?

Por meio de um aplicativo chamado Zoe Covid, foi possível realizar um estudo sobre os sintomas da variante indiana. Mais de 4 milhões de pessoas participaram da pesquisa, utilizando o aplicativo em questão.

Esse aplicativo, que está em circulação no Reino Unido, permite que os usuários descrevam todos os sintomas quando contraem o coronavírus.

Com esse estudo, descobriram que os sintomas da variante indiana são bem diferentes dos sintomas normais do coronavírus.

Os principais sintomas da variante Delta são:

  • Dor de cabeça;
  • Coriza;
  • Dor de garganta;
  • Febre.

Por serem sintomas idênticos aos da gripe e de resfriados, as pessoas não se dão conta de que estão com coronavírus. Isso faz com que elas não tomem as medidas de proteção e acabam transmitindo para outras pessoas.

Dessa forma, por causa da semelhança com os sintomas gripais, a variante Delta tem se tornado a mais transmissível entre todas as variantes. Por ser parecida com uma gripe, a variante Delta tem se tornado uma preocupação ao redor do mundo.

Com a parcela mais jovem da população ainda sem vacinação é necessário manter as medidas de isolamento. Com as medidas de isolamento, aqueles que ainda não foram vacinados têm menos chance de contrair o vírus.

Como se cuidar em época de pandemia?

Os cuidados básicos de usar máscara, lavar sempre as mãos e higienizar com álcool gel são a regra básica para se cuidar. Independente de qual variante ou mesmo se estiver saudável, as regras valem para todo mundo.

Ficar em casa quando apresentar qualquer sintoma relacionado também é uma maneira de evitar espalhar ainda mais o vírus.

Mesmo que seja apenas um resfriado, é preciso fazer o teste para o coronavírus assim que sentir os primeiros sintomas. Dessa forma, você protege sua família e todos aqueles que convivem com você.

Quanto maior for a conscientização sobre os sintomas das variantes, mais fácil será de contê-las. É essencial também se atentar para as datas de vacinação e se vacinar quando elas estiverem disponíveis para a sua idade.

Com a vacinação, fica mais fácil conter a disseminação do vírus e consequentemente, menor a chance de outras variantes surgirem.

Agora você já sabe tudo sobre a variante indiana do coronavírus. Então é só manter as medidas de distanciamento e continuar tendo os cuidados básicos para se manter saudável.

 Acesse o Portal Bunzl Saúde

Siga nossas redes sociais
   /bunlzsaude

 

 

 

- As opiniões aqui expressas são as do autor e não refletem necessariamente as da Bunzl Saúde. A empresa não assume qualquer responsabilidade por erros nas informações aqui contidas, nem por qualquer dano que possa decorrer do uso delas ou da confiança nelas.