Menu

Você sabe o que é o conceito de Hospital 4.0

15/06/22

Conheça as soluções que tornam hospitais mais eficientes           

 

A saúde e a tecnologia estão de mãos dadas desde sempre. Para avançar nos tratamentos e na detecção de diagnósticos, a ciência e a tecnologia estão juntas para prestar um serviço eficaz, desde a primeira revolução industrial até a atual “Revolução 4.0”.

Todos os remédios, equipamentos para detectar doenças e exames que temos só foram possíveis porque o segmento de saúde permitiu essa evolução. Graças à ciência e a tecnologia, as pessoas passaram a viver mais, a terem uma vida mais saudável. Além disso, os tratamentos evoluíram de tal maneira que doenças antes tidas como mortais podem ser curadas, permitindo que o paciente volte a ter uma vida normal.

Depois de todas os avanços que tivemos, agora temos a saúde 4.0, que está associada à Quarta Revolução Industrial. Isso significa que assim como indústrias, o setor de saúde está representado pela Internet das Coisas (IoT) e pelo Big Data.

Para entender melhor sobre esse assunto, leia esse artigo até o fim.

Saúde 4.0

Antes da quarta revolução, a terceira já nos trouxe grandes transformações com a automação, com o avanço da eletrônica e da tecnologia em informação. A Quarta Revolução é a da digitalização. Isso significa que as empresas de saúde visam a implementar recursos que vão otimizar as decisões e melhor o cuidado com o paciente.

Tudo que temos hoje na saúde foi possível com a fusão entre digital e biológico, possibilitando à medicina avançar na assistência em saúde e bem-estar. Atualmente, além de cuidar de doenças, a saúde passou a cuidar de pessoas. Isso acontece porque, hoje em dia, é possível prevenir doenças e tratar as complicações.

Soluções.4.0

A Saúde 4.0 desenvolve soluções que buscam otimizar o gerenciamento de dados dos pacientes. Essa gestão ajuda a acelerar os processos e melhorar a qualidade da tomada de decisões. As ferramentas são essenciais para auxiliar os médicos durante intervenções e na administração hospitalar.

Muitas das soluções desenvolvidas buscam a otimização da gestão de dados de forma a acelerar os processos e ampliar a quantidade e qualidade da informação para orientar as tomadas de decisões. Essas ferramentas ajudam tanto nas intervenções médicas quanto na própria gestão hospitalar.

A tecnologia aumenta as chances de acertos em ações hospitalares complexas. Junto com a automatização das informações, é possível ganhar tempo com processos simples sem ocupar por muito tempo os profissionais da saúde. Com o tempo mais ‘livre’, médicos e enfermeiros podem se dedicar aos pacientes.

Outra vantagem da tecnologia é proporcionar às empresas de saúde (hospital, clínicas e laboratórios, entre outras) a aquisição de dados de qualidade. São esses dados que ajudam a desenvolver ações que melhorem os serviços de saúde médico-hospitalar, tem o bem-estar do paciente como principal foco.

O que é hospital 4.0

Hospital 4.0 nada mais é que a integração dos serviços hospitalares com a tecnologia. Ou seja, o modelo conecta atendimento, médicos e paciente às soluções tecnológicas. Tudo isso reúne diversos tipos de inovação, com a finalidade de oferecer mais agilidade, segurança, eficiência e qualidade.

Uma unidade hospitalar 4.0 disponibiliza infraestrutura e dispositivos modernos, com custos bem menores. Isso porque quando diversas tecnologias são aplicadas, as rotinas e os processos são otimizados, permite aos profissionais de saúde atuarem com mais agilidade e assertividade. Isso torna o hospital inteligente, porque está conectado para oferecer soluções eficientes aos seus clientes, humanizando os serviços.

Quais tecnologias estão envolvidas na saúde 4.0?

Entre as inovações presentes em uma saúde 4.0 estão:

  • Inteligência Artificial;
  • Big Data;
  • Telemedicina;
  • Internet das coisas;
  • Realidade aumentada;
  • Impressão 3D.

Algumas dessas inovações já são conhecidas da maioria das pessoas, como a telemedicina, Impressão 3D e a Inteligência das coisas. Isso porque elas estão presentes em outros setores, a exemplo do industrial.

Conheça um pouco sobre essas tecnologias

Elas têm mudado o nosso jeito de ver a medicina e a ciência. A tecnologia ajudou a evoluir os diagnósticos e os tratamentos e também tem nos alertado sobre a prevenção de determinadas doenças.

Atualmente, é possível descobrir se uma pessoa tem tendência a adquirir uma determinada doença só por meio de um teste genético. Com o sequenciamento genético qualquer cidadão pode descobrir a probabilidade de ter um câncer, por exemplo. Desta forma, ele pode se antecipar com tratamentos preventivos e avaliações periódicas. Esse é só um exemplo de como a tecnologia é útil na saúde.

Não à toa, o setor conta com ferramentas e soluções que fazem a diferença entre um tratamento de qualidade e um ineficiente. Conheça algumas das soluções:

Telemedicina

Atendimento e monitoramento da saúde do paciente feito à distância. Por meio da tecnologia envolvida é possível ter diversas informações sobre a saúde do paciente, indicar tratamentos e medicá-lo.

Inteligência Artificial

Imagem de mão humana indo ao encontro de mão robótica

A inteligência artificial (IA) é uma ferramenta que utiliza sistemas informatizados e símbolos que preveem e imitam o comportamento humano. A aplicação é realizada por meio do uso de computadores que analisam dados que são capazes de propor soluções para problemas médicos.

Internet das Coisas

São objetos, componentes e dispositivos conectados à internet. Todos esses materiais conectados permitem a coleta de dados de forma autônoma e contínua. Essas informações mais detalhadas permitem aos médicos terem uma visão mais ampla sobre sintomas, permitindo a escolha de um tratamento mais eficiente.

Realidade Aumentada

A tecnologia integra o físico e o virtual por meio da sobreposição de imagens computadorizadas, permitindo a representação das estruturas do corpo humano com maior precisão. A realidade aumenta colabora com a visualização de estruturas menores, facilitando a análise médica.

Impressão 3D

Essa tecnologia é muito útil na medicina, porque é capaz de imprimir objetos em formato tridimensional. Na saúde 4.0, a ferramenta serve para otimizar a qualidade de diagnósticos e tratamentos. Com a impressora 3D é possível construir próteses a um custo muito mais baixo e de produzir órgãos com células do próprio paciente, derrubando as taxas de rejeição.

- As opiniões aqui expressas são as do autor e não refletem necessariamente as da Bunzl Saúde. A empresa não assume qualquer responsabilidade por erros nas informações aqui contidas, nem por qualquer dano que possa decorrer do uso delas ou da confiança nelas.